17º Grito dos Excluidos acontece em Recife-PE

Enquanto o país celebrava oficialmente sua independência nesta quarta-feira (7), milhares de brasileiros e brasileiras saíram às ruas para protestar contra as desigualdades e injustiças causadas pelo sistema capitalista e cobrar mudanças.Sob o lema “Pela vida grita a terra… por direitos, todos nós”, acontece em todos os estados a 17ª edição do Grito dos Excluídos, organizado por várias pastorais, organizações e movimentos sociais.

Este ano, o lema aponta para a importância da participação popular na defesa da biodiversidade do país e dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Além das pautas gerais, que incluem a denúncia do uso abusivo de agrotóxicos, a oposição à proposta de alteração do Código Florestal encabeçada pelo deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB) e o questionamento das obras para a Copa do Mundo de 2014, em cada cidade o Grito incorpora pautas locais de acordo com a luta dos moradores.

Vários movimentos estiveram presentes no 17º Grito dos Excluídos, dentre eles estavam presentes a FEAB, ABEEF, ENEV, ENESSO, FENED, mostrando a importância da luta dos estudantes junto à classe trabalhadora.

A passeata saiu da Praça Oswaldo Cruz no bairro da Boa Vista e seguiu até a Praça do Carmo no centro do Recife e contou com a presença em torno de 2 mil pessoas nas ruas de recife.

Índios da tribo Xucuru presentes no Grito dos Excluidos