Sindicato dos Técnico-Administrativo da UFRPE denuncia falta de democracia nas eleições do DCE – UFRPE.

As eleições para a nova gestão do Diretório Central dos Estudantes – DCE – da UFRPE acontecerão nos dias 19 e 20 de outubro de 2011. Infelizmente, nem todos os estudantes estão sabendo deste processo eleitoral que definirá os novos representantes dos estudantes da Rural de Pernambuco. É o que denuncia apoiadores e integrantes da Chapa de Oposição à atual gestão, a Chapa 2.“A eleição foi convocada de forma atropelada, com apenas dois dias para inscrição de chapas e oito dias para campanha”, afirma Felipe Gondim, que faz campanha para a Chapa 2.“Está se repetindo o que aconteceu no ano passado e isso não é por acaso. O grupo que está na atual gestão quer se perpetuar na entidade dando esses golpes nos estudantes”, desafaba Ewerton Cunha, integrante da Chapa 2.Os estudantes merecem saber quem está concorrendo às eleições e quais as propostas e política de cada chapa para saber em quem votar conscientemente”, exige.Para o estudante, esse processo eleitoral está sem nenhuma democracia. “Até os debates entre as chapas correm o risco de não acontecer porque nem reunião da comissão eleitoral está acontecendo. A atual gestão do DCE é maioria nessa comissão e isso pode explicar o porquê da falta de democracia neste processo eleitoral”, conclui o Ewerton.

Convocamos a Comissão Eleitoral das eleições para nova gestão do DCE a chamar debates nos campi da universidade para garantir democracia e respeito aos estudantes da Rural.

Também chamamos os técnico-administrativos em educação a contribuir na divulgação desta eleição, independente de quem estiver apoiando.

Que os estudantes saibam em quem votar: Democracia nas eleições do DCE/UFRPE, já!

O SINTUFEPE/UFRPE já manifestou apoio à Chapa 2 – Daqui pra frente, Tudo vai ser diferente,por acreditar no projeto político deste coletivo que tem como princípio garantir um movimento livre, independente e autônomo.

Veja a apresentação da Chapa 2 – Daqui pra frente, Tudo vai ser diferente!

Nos dias 19 e 20 de outubro de 2011 o movimento estudantil estará vivenciando um momento importante para a UFRPE: a escolha da NOVA gestão do DCE (Diretório Central dos Estudantes). Você sabe o que é o DCE? E sua importância?

Historicamente o DCE cumpre um papel importante para o movimento estudantil: ser entidade representativa de luta dos estudantes frente a Universidade e todas as outras demandas presentes na nossa Sociedade. Mas será que isso vem acontecendo na UFRPE? Será que a última gestão nos representou e tocou as lutas necessárias? Nós achamos que não!

Nos últimos tempos a nossa representatividade não foi combativa perante as necessidades impostas a nós estudantes.

É dessa maneira que nós estudantes de diversas áreas da Universidade nos unimos para a construção da chapa “Daqui Pra Frente, TUDO VAI SER DIFERENTE!!!” Pois acreditamos que o movimento estudantil se constrói, em cada luta, na reivindicação de cada estudante.

Queremos um movimento que discuta desde a ausência de bibliotecas setoriais, creches universitárias, insuficiência de bolsas, a um dos restaurantes universitários mais caros do Brasil, até um ensino público gratuito e de qualidade. Mas nossa intenção não é se limitar a isso, é também pensar a Universidade sobre os mais diversos aspectos como cultura, opressão, meio ambiente, esportes e todas as demais questões que diz respeito a nós e a sociedade.

Para construir este futuro de mais vitórias e mais participação estudantil nos rumos de nossa sociedade, a CHAPA 2 conta com o apoio de todos para as lutas que virão. Por um NOVO DCE para a UFRPE e um movimento estudantil Livre e Combatível por que: “Daqui Pra Frente, TUDO VAI SER DIFERENTE!!!”

_________________________________________________________________________

 

* Quem está à frente do DCE-UFRPE a 2 anos é o grupo denominado “Resistência” que é hegemonicamente liderado pela UJR-União da Juventude Rebelião, a juventude do Partido Comunista Revolucionário – PCR. Essa juventude em vários locais onde atua no Movimento Estudantil tem um histórico dessas práticas espúrias e irresponsáveis, o que chega até a se confundir com as práticas que vemos no dia-a-dia do Movimento Estudantil sujo captaneado pela UJS e as juventudes do PT, entre outras.

Lutamos sempre sim por um movimento estudantil classista, autônomo, socialmente referenciado e de luta!

**E expressamos aqui a revolta do Diretório Acadêmico de Agronomia com essas atitudes irresponsáveis da UJR e com o consentimento do PCR. Iremos estar sempre na luta, mas não com esses vícios que essas juventudes apresentam. Um movimento que se reinvidica Comunista e Revolucionário com certeza não é esse que vemos com as praticas da UJR e do PCR em Pernambuco, essas organizações cumprem com um papel totalmente deseducador para a juventude e para os movimentos.