[IMPORTANTE] Cadastramento para alunos 2013.1 para o acesso ao Restaurante Universitário

ATENÇÃO CALOUROS(AS),

Nova forma de cadastramento para o acesso ao Restaurante Universitário, visando facilitar os alunos no período que ainda não tem o comprovante definitivo de matrícula.

Cadastramento para o acesso ao Restaurante Universitário dos alunos ingressos no primeiro semestre de 2013.

Horário: Diariamente das 8h00 às 10h00 e das 14h00 às 16h00.

Documentos necessários: Carteira de Identidade e CPF.

Fonte: http://www.ufrpe.br/progest/index.php/2-uncategorised/120-cadastramento-para-o-acesso-ao-restaurante-universitario

Anúncios

Couro, escama, tilápia renovada!

Depois de levar o nome da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) como grande vencedora do Prêmio Santander Universidade Solidária 2011, a Proposta de capacitação em aproveitamento de resíduos de tilápia (Oreochromis sp.) continua com planos para crescimento do projeto.

Coordenado pelas professoras, do curso de Engenharia de Pesca da Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UAST), Juliana Maria Aderaldo Vidal e Juliana Ferreira dos Santos e pela professora Weruska de Melo Costa, do Departamento de Biologia/Ecologia da UFRPE-Sede, a iniciativa objetiva, por meio de capacitação, novas técnicas de processamento para o aproveitamento de resíduos da tilápia, criando produtos gerados na atividade de filetagem. Então daquele peixe, que habitualmente a carne é comida e o resto vai para o lixo surgem biojoias, peças de artesanato, óleo, entre outros produtos.

A pele e a escama, geralmente desperdiçadas a partir da comercialização do peixe no mercado de Serra Talhada, passam a ser aproveitada pelos membros da Associação de Pescadores do Açude Saco, com o intuito tanto de evitar a contaminação do ambiente quanto de valorizar o potencial econômico desses materiais, gerando renda a pescadoras e pescadores.

A UFRPE-Sede forma novo grupo, com a professora Weruska, para começar a trabalhar com todos os resíduos do pescado, buscando novas formas de aproveitamento e de utilização de gestão social e sustentabilidade ambiental, fazendo com que a comunidade, a principio de Maria Farinha, envolvida possa trabalhar com os resíduos. Serão selecionadas 20 pessoas da comunidade para começarem a fazer cursos a partir do segundo semestre e aprender a trabalhar com escamas, couros e conchas.

A primeira produção da Associação de Pescadores do Açude Saco, feita junto à UAST, será distribuída para a Reitoria. Serão 100 peças de pesos de papel, com previsão de entrega em fevereiro de 2012, trabalhadas em vidro e escama da tilápia. A ideia já avança a dois anos levando no curriculum um total de seis projetos aprovados pela Extensão Rural (Proext).

No final deste ano a UFRPE/UAST finaliza o projeto com a comunidade de Serra Talhada e para não perder tempo emplaca já uma nova marca para não perder o contato e continuar acompanhando os moradores que exercem o trabalho. A professora Weruska de Melo Costa acredita que esse é um trabalho com começo, meio e fim. Visão, desenvolvimento local e gestão; para gerar continuidade e atualização, sem deixar de lado as riquezas culturais das comunidades.

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) fica feliz em poder apresentar a sociedade um projeto inovador que visa a agregar a Universidade e a comunidade, capacitando e gerando novas oportunidades e grandes expectativas.

 

Fonte: http://ufrpe.br/noticia_ver.php?idConteudo=10318

UFRPE divulga Calendário Acadêmico 2012.

27 de dezembro de 2011

A Pró-reitoria de Ensino de Graduação da Universidade Federal Rural de Pernambuco (PREG/UFRPE) divulgou, nesta terça-feira (27/12), o calendário acadêmico unificado 2011, para o campus de Dois Irmãos e unidades acadêmicas de Garanhuns e Serra Talhada.
O início das aulas do primeiro semestre de 2012 está marcado para o dia 05 de março. As matrículas dos alunos regulares serão realizadas de 26 a 29 de fevereiro. No 1º de março será a vez dos retardatários.
Os dias 15 e 16 de fevereiro estão destinados a matricula dos alunos acompanhados (na coordenação do respectivo curso) e dos ingressantes na modalidade extravestibular (no Departamento de Registro e Controle Acadêmico-DRCA).
Do dia 06 ao dia 08 de março, os estudantes poderão efetuar reajustes de matrícula; trancamento; cancelamento e inclusão de disciplinas.
Exclusivamente para quem fez matrícula no período de 26/02 a 1º/03.Cancelamento de disciplinas e trancamento de matrícula devem ser realizados de 13 de março a 13 de abril, exclusivamente para quem efetuou matrícula de 26 de fevereiro a 1º de março.

No segundo semestre as aulas iniciam no dia 06 de agosto.

Fonte: UFRPE

Sindicato dos Técnico-Administrativo da UFRPE denuncia falta de democracia nas eleições do DCE – UFRPE.

As eleições para a nova gestão do Diretório Central dos Estudantes – DCE – da UFRPE acontecerão nos dias 19 e 20 de outubro de 2011. Infelizmente, nem todos os estudantes estão sabendo deste processo eleitoral que definirá os novos representantes dos estudantes da Rural de Pernambuco. É o que denuncia apoiadores e integrantes da Chapa de Oposição à atual gestão, a Chapa 2.“A eleição foi convocada de forma atropelada, com apenas dois dias para inscrição de chapas e oito dias para campanha”, afirma Felipe Gondim, que faz campanha para a Chapa 2.“Está se repetindo o que aconteceu no ano passado e isso não é por acaso. O grupo que está na atual gestão quer se perpetuar na entidade dando esses golpes nos estudantes”, desafaba Ewerton Cunha, integrante da Chapa 2.Os estudantes merecem saber quem está concorrendo às eleições e quais as propostas e política de cada chapa para saber em quem votar conscientemente”, exige.Para o estudante, esse processo eleitoral está sem nenhuma democracia. “Até os debates entre as chapas correm o risco de não acontecer porque nem reunião da comissão eleitoral está acontecendo. A atual gestão do DCE é maioria nessa comissão e isso pode explicar o porquê da falta de democracia neste processo eleitoral”, conclui o Ewerton.

Convocamos a Comissão Eleitoral das eleições para nova gestão do DCE a chamar debates nos campi da universidade para garantir democracia e respeito aos estudantes da Rural.

Também chamamos os técnico-administrativos em educação a contribuir na divulgação desta eleição, independente de quem estiver apoiando.

Que os estudantes saibam em quem votar: Democracia nas eleições do DCE/UFRPE, já!

O SINTUFEPE/UFRPE já manifestou apoio à Chapa 2 – Daqui pra frente, Tudo vai ser diferente,por acreditar no projeto político deste coletivo que tem como princípio garantir um movimento livre, independente e autônomo.

Veja a apresentação da Chapa 2 – Daqui pra frente, Tudo vai ser diferente!

Nos dias 19 e 20 de outubro de 2011 o movimento estudantil estará vivenciando um momento importante para a UFRPE: a escolha da NOVA gestão do DCE (Diretório Central dos Estudantes). Você sabe o que é o DCE? E sua importância?

Historicamente o DCE cumpre um papel importante para o movimento estudantil: ser entidade representativa de luta dos estudantes frente a Universidade e todas as outras demandas presentes na nossa Sociedade. Mas será que isso vem acontecendo na UFRPE? Será que a última gestão nos representou e tocou as lutas necessárias? Nós achamos que não!

Nos últimos tempos a nossa representatividade não foi combativa perante as necessidades impostas a nós estudantes.

É dessa maneira que nós estudantes de diversas áreas da Universidade nos unimos para a construção da chapa “Daqui Pra Frente, TUDO VAI SER DIFERENTE!!!” Pois acreditamos que o movimento estudantil se constrói, em cada luta, na reivindicação de cada estudante.

Queremos um movimento que discuta desde a ausência de bibliotecas setoriais, creches universitárias, insuficiência de bolsas, a um dos restaurantes universitários mais caros do Brasil, até um ensino público gratuito e de qualidade. Mas nossa intenção não é se limitar a isso, é também pensar a Universidade sobre os mais diversos aspectos como cultura, opressão, meio ambiente, esportes e todas as demais questões que diz respeito a nós e a sociedade.

Para construir este futuro de mais vitórias e mais participação estudantil nos rumos de nossa sociedade, a CHAPA 2 conta com o apoio de todos para as lutas que virão. Por um NOVO DCE para a UFRPE e um movimento estudantil Livre e Combatível por que: “Daqui Pra Frente, TUDO VAI SER DIFERENTE!!!”

_________________________________________________________________________

 

* Quem está à frente do DCE-UFRPE a 2 anos é o grupo denominado “Resistência” que é hegemonicamente liderado pela UJR-União da Juventude Rebelião, a juventude do Partido Comunista Revolucionário – PCR. Essa juventude em vários locais onde atua no Movimento Estudantil tem um histórico dessas práticas espúrias e irresponsáveis, o que chega até a se confundir com as práticas que vemos no dia-a-dia do Movimento Estudantil sujo captaneado pela UJS e as juventudes do PT, entre outras.

Lutamos sempre sim por um movimento estudantil classista, autônomo, socialmente referenciado e de luta!

**E expressamos aqui a revolta do Diretório Acadêmico de Agronomia com essas atitudes irresponsáveis da UJR e com o consentimento do PCR. Iremos estar sempre na luta, mas não com esses vícios que essas juventudes apresentam. Um movimento que se reinvidica Comunista e Revolucionário com certeza não é esse que vemos com as praticas da UJR e do PCR em Pernambuco, essas organizações cumprem com um papel totalmente deseducador para a juventude e para os movimentos.